SITUAÇÃO DO SECTOR DO FITNESS EM PORTUGAL - MONITORIZAÇÃO MENSAL ⁞ NOVEMBRO 2020

A Portugal Activo, em conjunto com o Centro de Estudos Económicos e Institucionais da Universidade Autónoma de Lisboa, realiza mensalmente uma monotorização do Sector do Fitness nacional, recolhendo dados respeitantes a novas inscrições, cancelamentos, sócios activos, frequência mensal e reinscrições, relativamente ao período homologo de 2019. Consulte o relatório de Novembro/2020.

REPORT NOVEMBRO 2020

De norte a sul do país, fiscalizações da ASAE comprovam segurança dos ginásios em Portugal

A Portugal Activo divulgou hoje (26/11) uma nota de imprensa onde se destaca:

» Setor destaca-se por rigorosas medidas de higiene e segurança, apresentando uma taxa marginal de infeções por Covid-19.
» Atualmente, há menos 40 por cento de portugueses a praticar exercício físico.

Consulte aqui o documento na integra » https://bit.ly/37c0Nq5

Nós fazemos parte da Solução!

Nota de esclarecimento da Portugal Activo relativa às noticias acerca do contágio de Covid-19 em Ginásios

As notícias veiculadas por alguns órgãos de comunicação social, versando sobre um estudo atribuído a Henrique Barros, apresentado hoje (19 de Novembro) em reunião realizada no INFARMED, que alega que o “trabalho presencial e ginásios com risco elevado de contágio” para a COVID-19, a Portugal Activo | AGAP vem esclarecer o seguinte:

CONSULTE AQUI O DOCUMENTO INTEGRAL

Entrevista do Presidente da Portugal Activo, José Carlos Reis, à NiT

Leia aqui a entrevista do Presidente da Portugal Activo, José Carlos Reis, à NiT.

“Se o governo não tomar medidas de ajuda específicas para o nosso setor, acreditamos que teremos muitos encerramentos de clubes até ao final deste ano e principalmente no início do próximo”

Por um Portugal com + Pessoas + Activas + Saudáveis!

Link da notícia » https://bit.ly/38tqpkN 

Notícia Agência Lusa: OE2021: Setor dos ginásios classifica proposta como uma “mão cheia de nada”

A AGAP - Portugal Activo, associação que representa o setor dos ginásios, considera que a proposta de Orçamento do Estado para 2021 apresentada pelo Governo é "demagógica e insipiente".

O presidente da AGAP - Portugal Activo, José Carlos Reis, diz em comunicado que a possibilidade de os portugueses abaterem em sede de IRS até 15% dos 23% de IVA gasto em clubes de 'fitness' ou ginásios não corresponde ao que o setor solicitou ao executivo e que, na prática, se traduz numa "mão cheia de nada".

Páginas